Exportações de carne bovina caem em fevereiro com queda nas compas da Europa 09/03/2017

Depois de um janeiro promissor, quando apresentaram crescimento de 10% em volume e de 14% na receita em relação a igual período de 2016, as exportações totais de carne bovina “in natura” e processada registraram queda em fevereiro, aponta análise da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), que compilou os dados consolidados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).
 
Em fevereiro, as vendas brasileiras do produto alcançaram o volume de 99.764 toneladas e a receita obtida foi de US$ 395,3 milhões contra o embarque de 122.852 toneladas e faturamento de US$ 475,8 milhões no mesmo mês de 2016. De acordo com a Abrafrigo, o resultado negativo decorre de significativa redução nas compras por parte de alguns países europeus como Alemanha, Itália, Reino Unido e Holanda, e ainda, o Egito.
 
Segundo a entidade, também contribuiu para a queda certa estabilização nas importações chinesas que vinham crescendo aceleradamente desde o início de 2016. Hong Kong diminuiu suas aquisições em 21%, mas em compensação a China continental elevou suas compras em 66%.
 

No acumulado do ano, as exportações já são 6% menores do que em 2016 na quantidade [207.091 toneladas] e apresentam queda de 4% na receita [US$ 813 milhões]. A associação estima recuperação dos embarques a níveis similares aos do ano passado nos próximos meses. 

Fonte: Infomoney
Ouvidoria: 0800-724-3080 | Telefone: (18) 3311-0800 | Fax: (18) 3311-0815 | Rua Claudionor Sandoval, 741 - Jd. Paulista - Pres. Prudente-SP
COPYRIGHT © 2012 - Cross Investimentos - Consultoria Empresarial - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por: Luz Própria - Criação de Sites