Exportação de carne supera Operação Carne Fraca e vendas sobem em março 12/04/2017

A indústria brasileira de carne bovina registrou resultado positivo nas exportações em março, com um faturamento de US$ 501 milhões e o embarque de mais de 125 mil toneladas. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), o desempenho representa um crescimento de 22% da receita e 20% do volume exportado, na comparação com fevereiro.

 

Volume e receita com exportações de carne bovina cresceram em março

A carne “in natura” se manteve como a categoria mais exportada, seguida por industrializadas e miúdos. Hong Kong, China e Rússia foram os países que mais importaram carne bovina do Brasil no período. Hong Kong foi o que mais importou, com um total de 27 mil toneladas e US$ 100 milhões de faturamento, aumento de 16% comparado com o mês anterior.

 

A China comprou 19 mil toneladas, gerando US$ 82 milhões de faturamento, 31% a mais do que em fevereiro. Já a Rússia aumentou em 46% o volume de carne brasileira importada, proporcionando um crescimento de 54% do faturamento com as negociações.

“Os dados confirmam que a operação policial não foi capaz de afetar substancialmente a média das exportações, até porque muitos mercados que interromperam as negociações após as notícias veiculadas, reabriram rapidamente”, diz Antônio Jorge Camardelli, presidente da ABIEC.

Apesar do embargo estabelecido temporariamente por alguns países na terceira semana de março, a queda do faturamento registrado no mês foi de apenas 3% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Fonte: Infomoney
Ouvidoria: 0800-724-3080 | Telefone: (18) 3311-0800 | Fax: (18) 3311-0815 | Rua Claudionor Sandoval, 741 - Jd. Paulista - Pres. Prudente-SP
COPYRIGHT © 2012 - Cross Investimentos - Consultoria Empresarial - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por: Luz Própria - Criação de Sites