Marfrig arrenda unidade em Mato Grosso 23/10/2017

Em meio à estratégia de expansão dos negócios de carne bovina, a Marfrig Global Foods fechou acordo na semana passada para arrendar o frigorífico que a Arantes Alimentos, que está em recuperação judicial, tem em Pontes e Lacerda, na região sudoeste de Mato Grosso. 

No mês passado, o Valor antecipou que a Marfrig, segunda maior indústria de carne bovina do Brasil, estava negociando o arrendamento da unidade, cuja capacidade diária de abates é de 800 cabeças - mais de 15 mil bovinos por mês. Já o arrendamento do frigorífico da Arantes em Nova Monte Verde (MT), que também estava em negociação, não prosperou em razão de problemas documentais, apurou a reportagem.

Ao longo do ano, a companhia já expandiu a capacidade de abate em mais de 50%, para 300 mil cabeças por mês. Nesse processo, a Marfrig reabriu os frigoríficos que possui em Nova Xavantina (MT), Pirenópolis (GO), Paranaíba (MS) e Alegrete (RS). Na semana passada, a empresa também iniciou os abates em Ji-Paraná (RO), unidade que foi arrendada neste ano junto ao Frialto e é capaz de abater mil cabeças por dia.

A expansão do negócio de carne bovina da Marfrig no Brasil reflete a avaliação de que o ciclo da pecuária, negativo para os frigoríficos nos últimos três anos devido à retenção de vacas para a produção de bezerros, entrou em uma etapa favorável aos frigoríficos, com maior disponibilidade de boi gordo. Entre analistas, a avaliação é que o ciclo será positivo para o setor ao menos até 2019.

Ainda não há previsão para o início dos abates em Pontes e Lacerda. A planta, que estava arrendada à JBS até o início deste ano - quando foi devolvida à Arantes -, está fechada há anos. Para retomar os abates, a Marfrig terá de fazer obras de manutenção e pedir novas licenças de funcionamento e para a exportação.

Os negócios de carne bovina da Marfrig no Brasil representam cerca de 40% da receita líquida da empresa. No primeiro semestre, a receita líquida total foi de R$ 8,4 bilhões. Além do Brasil, a Marfrig também produz carne bovina no Uruguai, onde é a maior empresa privada do país.

A maior parte das vendas da companhia, porém, é oriunda da Keystone, subsidiária voltada para o fornecimento de produtos à base de carne para redes de restaurantes. Com sede nos EUA e operações na Ásia, a Keystone é a grande aposta da Marfrig para reduzir as dívidas. A companhia já anunciou que pretende abrir o capital da Keystone nos Estados Unidos ainda este ano.

Fonte: Valor Econômico
Ouvidoria: 0800-724-3080 | Telefone: (18) 3311-0800 | Fax: (18) 3311-0815 | Rua Claudionor Sandoval, 741 - Jd. Paulista - Pres. Prudente-SP
COPYRIGHT © 2012 - Cross Investimentos - Consultoria Empresarial - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por: Luz Própria - Criação de Sites