JBS vende operação de confinamento da Five Rivers nos EUA 18/01/2018

SÃO PAULO  -  A JBS informou na noite desta quarta-feira ter concluído o processo de venda da operação de confinamento da Five Rivers, dos Estados Unidos, como parte de seu programa de desinvestimento, após o envolvimento de seus acionistas e executivos em crimes investigados pela Operação Lava-Jato.

 
O negócio foi vendido para a afiliadas da Pinnacle Asset Management, por aproximadamente US$ 200 milhões, incluindo o valor de mercado do estoque de silagem e grãos na data do fechamento e sujeito a ajuste pela variação do capital de giro também na data do fechamento. Em conjunto com a aquisição das ações da Five Rivers EUA, o comprador firmará contrato de longo prazo para fornecimento de gado às unidades de abate do grupo JBS em território norte-americano.
 
Segue a íntegra do fato relevante: 
 
“Atualização sobre o programa de desinvestimento 
 
Venda da Five Rivers
 
A JBS S.A. (“JBS” ou “Companhia” – B3: JBSS3, OTCQX: JBSAY) vem atualizar os seus acionistas e o mercado em geral acerca da implementação do programa de desinvestimento da Companhia (“Programa de Desinvestimento”), aprovado por unanimidade pelo Conselho de Administração e divulgado inicialmente por meio de Fato Relevante em 20 de junho de 2017.
 
A venda da maior parte dos ativos do Programa de Desinvestimento foi concluída em 2017, também com aprovação unânime do Conselho de Administração. Em 14 de julho de 2017, foi firmado acordo para a venda das operações de confinamento da Five Rivers Cattle Feeding no Canadá (“Five Rivers Canadá”) por 50 milhões de dólares canadenses (cerca de US$ 40 milhões). Em 11 de setembro de 2017, a Moy Park foi alienada pela Companhia para a Pilgrim’s Pride Corporation, sua controlada, por cerca de £ 1 bilhão (enterprise value). Em 26 de outubro de 2017, a JBS concluiu a alienação da sua participação na Vigor Alimentos S.A. por aproximadamente R$ 1,112 bilhões (enterprise value). Essas transações somam-se à alienação das operações de carne bovina da JBS na Argentina, Paraguai e Uruguai, concretizada em 31 de julho de 2017 por US$ 300 milhões acrescidos de ajuste de preço pós fechamento.
 
Parcela substancial dos recursos recebidos com as alienações de ativos foi utilizada para efetuar amortizações extraordinárias de dívidas da Companhia. Como resultado do Programa de Desinvestimentos e da robusta geração de caixa no período, o índice de alavancagem da JBS (Dívida Líquida/EBITDA) no terceiro trimestre de 2017 ficou em 3,42x, refletindo redução significativa do patamar de 4,16x verificado no segundo trimestre de 2017.
 
Os resultados alcançados em 2017 comprovam a implementação bem-sucedida da estratégia de desinvestimento e de desalavancagem definida pela administração da Companhia. “A JBS sai fortalecida desse processo de desinvestimento e de reforço de liquidez. Conseguimos vender os ativos pelos valores que esperávamos e a geração de caixa dos negócios da companhia foi muito forte”, afirma José Batista Sobrinho, presidente da JBS.
 
Em acréscimo às transações já concluídas, a JBS USA Food Company firmou nesta data acordo para a alienação da totalidade das operações de confinamento da Five Rivers Cattle Feeding nos Estados Unidos da América (“Five Rivers EUA”) para afiliadas da Pinnacle Asset Management, L.P. (“Pinnacle-Arcadia”), por aproximadamente US$ 200 milhões, incluindo o valor de mercado do estoque de silagem e grãos na data do fechamento e sujeito a ajuste pela variação do capital de giro também na data do fechamento (“Alienação”). Em conjunto com a aquisição das ações da Five Rivers EUA, o comprador firmará contrato de longo prazo para fornecimento de gado às unidades de abate do grupo JBS em território norte-americano.
 
A conclusão da Alienação ainda está sujeita a condições precedentes e ajustes usuais em operações dessa natureza, incluindo aprovações societárias, obtenção de financiamento pelo comprador e aprovação pelo órgão de defesa da concorrência norte-americano. A JBS utilizará parcela dos recursos a serem recebidos com a Alienação para efetuar amortizações extraordinárias de dívidas no Brasil sujeitas ao Acordo de Estabilização, conforme Fato Relevante de 25.07.2017.
 
A Companhia manterá seus acionistas e o mercado atualizados a respeito dos assuntos tratados neste fato relevante na forma da regulamentação vigente. 
 
São Paulo, 17 de janeiro de 2018. 
 
Jeremiah O’Callaghan 
 
Diretor de Relações com Investidores
 
Fonte: Valor Econômico
Ouvidoria: 0800-724-3080 | Telefone: (18) 3311-0800 | Fax: (18) 3311-0815 | Rua Claudionor Sandoval, 741 - Jd. Paulista - Pres. Prudente-SP
COPYRIGHT © 2012 - Cross Investimentos - Consultoria Empresarial - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por: Luz Própria - Criação de Sites